Como ganhamos dinheiro

Principais bolsas de criptomoedas em 2024

Última atualização - 24 de jun. de 2024

Quais são as melhores exchanges de criptomoedas para comprar ou vender Bitcoin ou altcoins em 2024? Listaremos e analisaremos as plataformas de negociação que merecem sua atenção.

Lista das melhores bolsas de criptomoedas 2024

Esta tabela apresenta uma lista das melhores exchanges de criptomoedas em 2024, onde você pode comprar Bitcoin e outras criptomoedas.

Bolsa de criptomoedasVolume de transacções durante 24 horasFiatCriptomoedasComissões de negociaçãoNegociação com margemAnálises de bolsas de criptomoedas
1Binance> $21 biliões> 40> 1500 Maker: 0.10% Taker: 0.10%Ponto: até 10x Futuros: até 125xRevisão da Binance
2ByBit> $4.5 biliões6> 300Maker: 0% Taker: 0.10%Ponto: até 10x Futuros: até 100x-
3CoinEx> $75 milhões-> 540Maker: 0.20% Taker: 0.20%Ponto: até 10x Futuros: até 100xRevisão da CoinEx
4Bitfinex> $233 milhões4> 160Maker: 0.10% Taker: 0.20%Ponto: até 10x Futuros: até 100x-
5KuCoin> $840 milhões48> 730Maker: 0.10% Taker: 0.10%Ponto: até 3x Futuros: até 100x-
6HTX> $2.4 biliões50> 600Maker: 0.20% Taker: 0.20%Ponto: até 5x Futuros: até 125x-
7OKX> $3.4 biliões46> 340Maker: 0.08% Taker: 0.10%Ponto: até 10x Futuros: até 125x-
8Coinbase> $2 biliõesUSD, EUR, GBP> 220Maker: 0.50% Taker: 0.50%Ponto: até 3x-
9Gate.io> $3 biliõesEUR, KRW> 1450Maker: 0.20% Taker: 0.20%Ponto: até 10x Futuros: até 100x-
10Kraken> $800 milhões7> 200Maker: 0.16% Taker: 0.26%Ponto: até 5x Futuros: até 50x-
11Crypto.com> $1 biliões> 210Maker: 0.40% Taker: 0.40%Ponto: até 3x Futuros: até 20x-
12CEX.IO> $4.5 milhões4> 110Maker: 0.15% Taker: 0.25%--
13EXMO> $67 milhões6> 60Maker: 0.30% Taker: 0.30%CFD: até 30x-
14Kuna> $2.3 milhõesUSD, RUB, UAH> 20Maker: 0.25% Taker: 0.25%--
15BitMEX> $164k.15Maker: 0.10% Taker: 0.10%Futuros: até 100x-
16Qmall> $140 milhõesUAH25Maker: 0.20% Taker: 0.20%--

Escolher a melhor bolsa de criptomoedas não é apenas uma questão de classificação por volume ou de fazer uma comparação geral de comissões, acessibilidade, instrumentos de negociação ou outras características importantes.

A maioria das bolsas visa apoiar um determinado tipo de cliente, com base na sua localização, experiência, sistemas de pagamento disponíveis, necessidade de anonimato e assim por diante, e apenas muito poucas podem ser consideradas bolsas universais, destinadas ao inexistente "usuário médio".

Por exemplo, se você está comprando criptomoeda pela primeira vez, pode começar com EXMO ou Binance. E se você deseja negociar com alavancagem, escolha CoinEx, Bitfinex ou Binance.

É por isso que decidimos compilar uma lista de bolsas de criptomoedas com suporte para Bitcoin e outras moedas, para atender às necessidades de todos os nossos leitores.

Nossa lista inclui as melhores bolsas de criptomoedas de 2024, oferecendo a mais ampla gama de serviços, bem como algumas plataformas menores, que são voltadas para clientes de tipos mais específicos.

Dessa forma, cada leitor poderá encontrar as melhores bolsas de criptomoedas para suas necessidades únicas.

Binance – Melhor bolsa de criptomoedas em 2024

Binance é uma das maiores bolsas por volume de negociação com uma grande variedade de criptomoedas. A empresa foi fundada por Changpeng “CZ” Zhao, um desenvolvedor de software chinês que anteriormente criou sistemas para a Bolsa de Valores de Tóquio e software de negociação de futuros para a Tradebook da Bloomberg.

Embora inicialmente a bolsa estivesse sediada na China, a rígida regulamentação das criptomoedas nesse país levou a empresa a se mudar para o Japão. Mais tarde, quando a FSA japonesa emitiu um aviso à Binance, eles decidiram se mudar para Malta.

Binance é a bolsa favorita de muitas pessoas para negociar criptomoedas por outras criptomoedas. Ela oferece uma das maiores quantidades de pares de moedas disponíveis e volumes de negociação na indústria.

No entanto, desde que escrevemos a primeira versão deste artigo, muitas novas funcionalidades foram adicionadas à plataforma (por exemplo, Binance Futures), e agora muitos a utilizam para negociação de margem e derivativos de criptomoedas. Nos primórdios do mercado de criptomoedas, seria necessário usar BitMEX ou Bitfinex para isso, mas agora tudo isso pode ser feito sem sair da bolsa.

Plataforma de negociação Binance
Plataforma de negociação Binance

Além disso, a Binance se orgulha de ter baixas comissões de negociação e retirada. Também há um desconto nas comissões da Binance se o usuário mantiver Binance Coin (BNB).

NívelVolume de Negociação em 30 dias (BTC)&Depósito BNBPara MakerPara TakerPara MakerPara Taker
Padrão< 100 BTCou≥ 0 BNB0.10%0.10%0.08%0.08%
VIP 1≥ 100 BTC&≥ 50 BNB0.09%0.10%0.07%0.08%
VIP 2≥ 500 BTC&≥ 200 BNB0.08%0.10%0.06%0.08%
VIP 3≥ 4500 BTC&≥ 1000 BNB0.07%0.09%0.05%0.07%
VIP 5≥ 20000 BTC&≥ 3500 BNB0.05%0.07%0.04%0.05%
VIP 8≥ 150000 BTC&≥ 11000 BNB0.02%0.04%0.02%0.03%

Em 2017, a Binance tornou-se a exchange com o maior volume de negociações, em grande parte devido à vasta seleção de ativos criptográficos disponíveis para negociação. Em fevereiro de 2020, visando sustentar seu impressionante crescimento, a equipe da Binance adicionou a possibilidade de negociação de criptomoedas com margem.

Ao longo dos anos, a Binance fez várias aquisições interessantes, incluindo Trust Wallet em 2018 e CoinMarketCap em abril de 2020.

Acesse o site da Binance

ByBit – Melhor Exchange de Criptomoedas para Negociação em 2024

A ByBit foi fundada em 2018 e rapidamente se tornou uma das principais exchanges de criptomoedas do mundo, especializando-se em negociação de derivativos e margem. Atualmente, a Binance e a ByBit são as maiores exchanges de criptomoedas em volume de negociação. Com sede em Singapura, a ByBit atraiu a atenção dos traders devido à sua confiabilidade, tecnologias inovadoras e alto nível de atendimento ao cliente.

A ByBit é uma plataforma que oferece negociação com margem com alavancagem de até 100x. Isso permite que os traders aumentem sua posição e potencial lucro utilizando fundos emprestados. Além disso, a ByBit oferece produtos derivativos, como futuros de Bitcoin, tornando-a atraente para traders experientes.

A plataforma de negociação ByBit destaca-se pela sua confiabilidade e desempenho. Ela é capaz de processar 100.000 transações por segundo, garantindo uma negociação suave mesmo nos períodos mais voláteis. A interface intuitiva, a ampla lista de ordens e as ferramentas analíticas avançadas a tornam acessível tanto para iniciantes quanto para profissionais.

Plataforma de negociação ByBit
Plataforma de negociação ByBit

As comissões na ByBit também são uma das suas vantagens. Os makers podem até negociar sem comissões, enquanto os takers pagam apenas 0,10%. Isso torna a negociação na ByBit economicamente vantajosa.

A ByBit também é conhecida por seus concursos de negociação regulares e programas de bônus. Novos usuários podem receber bônus pelo registro e primeiro depósito, enquanto clientes regulares podem aproveitar várias promoções e descontos.

Na área de segurança, a ByBit utiliza um sistema de proteção multinível e armazena a maior parte dos fundos em carteiras frias, minimizando os riscos.

Em pouco tempo de existência, a ByBit conseguiu se estabelecer como uma plataforma confiável e inovadora, proporcionando uma experiência de negociação de criptomoedas de alta qualidade para seus usuários. Suas funções únicas e abordagem centrada no cliente a tornam uma das opções mais atraentes para o trading de criptomoedas no mercado atual.

Acesse o site da ByBit

Como é composto o ranking das exchanges de criptomoedas

O ranking das exchanges de criptomoedas é composto com base em vários critérios-chave, importantes tanto para iniciantes quanto para traders experientes. Aqui estão os principais parâmetros que consideramos ao compor o ranking:

  1. Volume de negociação. Reflete a atividade na exchange e pode servir como um indicador de sua popularidade e confiabilidade.
  2. Negociação de margem. Indica se a exchange oferece a possibilidade de negociar a crédito, o que pode aumentar o potencial de lucro ou prejuízo.
  3. Derivativos. A presença de derivativos, como futuros e opções, permite que os traders especulem sobre o preço das criptomoedas sem a necessidade de possuí-las diretamente.
  4. Alavancagem. Se a exchange oferece negociação de margem, é indicado o nível máximo de alavancagem, que permite aos traders aumentar sua posição com fundos emprestados.
  5. Suporte a moedas fiduciárias. Algumas exchanges suportam transações diretas com moedas fiduciárias.
  6. Quantidade de criptomoedas. Reflete a diversidade de criptomoedas disponíveis para negociação na exchange.
  7. Comissões de negociação. Inclui as comissões para makers e takers.
  8. Confiabilidade e reputação. Avaliações e revisões das exchanges também são consideradas para avaliar sua confiabilidade e segurança.

Esses critérios fornecem uma análise abrangente de cada exchange, permitindo que os traders escolham a plataforma mais adequada para suas necessidades, seja para negociação tradicional ou estratégias de investimento complexas utilizando negociação de margem e derivativos.

O que é uma exchange de criptomoedas?

As exchanges de criptomoedas são plataformas onde os usuários podem trocar moedas digitais por outros ativos, incluindo criptomoedas como Bitcoin (BTC), Ethereum (ETH), Litecoin (LTC), e moedas tradicionais como dólares americanos e euros. Portanto, uma exchange é frequentemente posicionada como um câmbio de criptomoedas.

As exchanges são uma parte importante do ecossistema cripto, pois a maioria das empresas de investimento tradicionais não oferece criptomoedas em seus portfólios. Sem essas plataformas, você teria que encontrar outra pessoa disposta a negociar criptomoedas e negociar uma taxa de câmbio com ela. Depois, você teria que enviar as moedas diretamente para as carteiras de criptomoedas um do outro – todo esse processo é um tanto confuso.

Carteira de criptomoedas ou exchange de criptomoedas?

Carteiras de criptomoedas e exchanges são duas ferramentas principais usadas para gerenciar criptomoedas. As carteiras são destinadas ao armazenamento de fundos em criptomoedas, enquanto as exchanges são centros de negociação onde os usuários convertem moedas fiduciárias em digitais e compram ou vendem criptomoedas ao preço de mercado atual.

ExchangesCarteiras
Facilitam a negociação entre participantes do mercadoArmazenam chaves privadas necessárias para acessar a criptomoeda no blockchain
Convertem moedas fiduciárias em digitaisSão fornecidas por exchanges e desenvolvedores independentes
Estão disponíveis 24/7, ao contrário das empresas de investimento tradicionaisPodem ser uma plataforma online, um dispositivo físico de armazenamento ou incluir ambos os aspectos

Muitas exchanges de criptomoedas gerenciam suas próprias carteiras, então os usuários podem começar a negociar criptomoedas imediatamente após abrir uma conta, sem se preocupar em ter sua própria carteira digital. Essas carteiras são chamadas de web-hosted, e a exchange é responsável por sua segurança.

Recomenda-se que traders sérios tenham uma carteira independente para armazenar criptomoedas que não estão negociando ativamente. Isso se deve ao fato de que você pode perder todos os seus ativos digitais se a exchange for hackeada.

Embora você seja responsável pela segurança, backup e gerenciamento de seus fundos, carteiras digitais independentes são uma alternativa muito mais segura para proteger a maior parte de suas criptomoedas.

As mais confiáveis para armazenar criptomoedas são as carteiras de hardware, como Ledger ou Trezor.

Como funcionam as exchanges de criptomoedas

O princípio de funcionamento das exchanges de criptomoedas depende do tipo de plataforma. A maioria das plataformas de negociação de criptomoedas são conhecidas como exchanges centralizadas (CEX), que funcionam como corretoras, atuando como intermediárias entre compradores e vendedores.

Os usuários podem depositar dinheiro fiduciário nas exchanges para comprar criptomoedas ou depositar suas próprias criptomoedas para trocar por outras moedas, o que é conhecido como negociação à vista de criptomoedas. Os traders são cobrados com uma taxa de conversão pela exchange ao converter uma criptomoeda em outra.

Em troca das moedas digitais, as exchanges podem aceitar uma ampla gama de pagamentos, incluindo pagamentos com cartão de crédito, transferências bancárias diretas, cartões de crédito ou débito, transferências de dinheiro e até mesmo cartões-presente.

As exchanges de criptomoedas permitem que você retire seus fundos em criptomoedas e os transfira para outra carteira de sua escolha.

Tipos de exchanges de criptomoedas

Existem três tipos de exchanges de criptomoedas:

  1. centralizadas (CEX),
  2. descentralizadas (DEX),
  3. híbridas.

Exchanges centralizadas (CEX)

As exchanges centralizadas são o tipo mais comum e tradicional de exchanges de criptomoedas. Elas pertencem a empresas privadas e oferecem aos investidores uma plataforma para negociar criptomoedas. Esse tipo de exchange geralmente tem volumes de negociação mais altos e maior liquidez, além de um maior número de pares de negociação.

As exchanges centralizadas são frequentemente consideradas uma boa opção para traders iniciantes de criptomoedas, pois possuem uma interface mais amigável, suporte ao cliente acessível e seguro em caso de falhas nos sistemas da plataforma.

O principal problema desse tipo de exchange é que os usuários são, por natureza, mais vulneráveis a ataques de hackers. Alguns usuários também se sentem desconfortáveis em fornecer seus dados pessoais durante o processo de KYC.

Exemplos de CEX: Binance, Coinbase, Kraken.

Exchanges descentralizadas (DEX)

As exchanges descentralizadas operam no espírito do Bitcoin, sem um ponto central de controle. Os servidores desse tipo de exchange são distribuídos por computadores localizados em todo o mundo. Isso significa que, se um computador for atacado, a rede continuará a funcionar. Isso por si só atrai muitos usuários que temem perder suas criptomoedas devido à falta de segurança na plataforma de negociação da empresa.

Se as exchanges centralizadas funcionam como corretoras, as exchanges descentralizadas são mais parecidas com mercados. Elas facilitam a negociação peer-to-peer e têm um processo de registro menos rigoroso. As principais desvantagens das DEX incluem menor volume de negociação, baixa liquidez, interface de usuário ruim e falta de suporte ao cliente.

Exemplos de DEX: Uniswap, PancakeSwap, 1inch Network, dYdX, Curve Finance.

Exchanges híbridas

As exchanges híbridas fazem parte da nova geração de plataformas de negociação de criptomoedas, cujo objetivo é oferecer o melhor dos dois mundos. Elas buscam superar as limitações das exchanges antigas, oferecendo maior funcionalidade e liquidez das exchanges centralizadas junto com as vantagens de segurança das DEX.

As exchanges híbridas podem se orgulhar de alta velocidade de transação sem comprometer a privacidade de seus usuários, mas ainda são um fenômeno relativamente novo no mundo das criptomoedas. O tempo dirá se elas serão bem-sucedidas ou falharão devido aos altos custos, escalabilidade limitada e ativos restritos.

Exemplos de exchanges híbridas: Nash, Qurrex, Eidoo, Legolas.

Sobre as taxas nas exchanges de criptomoedas

As exchanges de criptomoedas cobram várias taxas, e nem sempre é claro pelo que exatamente você está pagando.

Existem dois tipos principais de taxas aos quais você deve prestar atenção: a taxa da exchange e a taxa da rede.

A taxa da exchange é de onde as exchanges de criptomoedas ganham dinheiro.

Em outras palavras, é a taxa de serviço, que inclui:

  • Comissões de negociação, cobradas ao realizar transações e também chamadas de taxas “maker/taker”. As taxas de negociação mostram se a ordem de criptomoeda fornece liquidez ao mercado ou não. Elas também são aplicadas na conversão de moedas.
  • A comissão de depósito é cobrada quando os usuários adicionam fundos à sua conta, geralmente usando cartão de débito, cartão de crédito ou PayPal em vez de transferência bancária.
  • A comissão de retirada é cobrada ao sacar moeda fiduciária ou criptomoeda de sua conta.
  • A comissão de manutenção de conta é cobrada regularmente, geralmente mensalmente.

Taxa de rede são pagas aos mineradores de criptomoedas que processam e garantem a segurança das transações de criptomoedas no blockchain. Muitas exchanges centralizadas de criptomoedas assumem esses custos, embora algumas possam permitir que seus usuários paguem mais aos mineradores para acelerar a velocidade das transações. Usuários de exchanges descentralizadas geralmente precisam pagar por conta própria, pois não há uma terceira parte entre eles e os mineradores.

Como escolher uma exchange de criptomoedas

Ao escolher uma exchange de criptomoedas, os principais pontos a serem considerados são a funcionalidade e as medidas de segurança. A exchange escolhida deve ter a maioria, se não todas, as funções que você usará – seja pares de negociação fiat-cripto, agregação de liquidez ou altcoins específicos e stablecoins que você deseja negociar. Ela também deve fornecer medidas de segurança adicionais, como autenticação de dois fatores e bloqueios de Bitcoin, que ajudam a proteger contra hackers.

Facilidade de uso é outro fator a ser considerado ao escolher uma plataforma para negociação de criptomoedas. Isso é especialmente importante para traders iniciantes, que podem ter dificuldade em usar plataformas com interfaces de usuário menos intuitivas. No entanto, traders experientes também podem se beneficiar de uma maior facilidade de uso.

Também é importante considerar a geografia. Nem todas as exchanges estão disponíveis nos EUA, Portugal e Brasil.

Como garantir a legitimidade e segurança de uma exchange de criptomoedas

Ao procurar uma exchange de criptomoedas, é necessário ser extremamente cuidadoso para não cair em sites e aplicativos móveis falsos. Mesmo que a plataforma pareça legítima, certifique-se de verificar se não há erros de digitação no texto, branding não autêntico e, no caso de um site, se há um pequeno ícone de cadeado ao lado da barra de URL, indicando segurança.

Além disso, é importante lembrar que, apesar das fraudes, a negociação de moedas digitais pode ser perigosa. As criptomoedas são muito voláteis, o que significa que estão sujeitas a aumentos e quedas repentinas de valor que até mesmo os investidores mais sábios não podem prever com certeza.

Consultores financeiros recomendam, se você investir em criptomoedas, agir com cautela e não exceder 5% do volume total de investimentos.

Como abrir uma conta em uma exchange de criptomoedas

Cada exchange de criptomoedas tem seu próprio processo de registro e configuração. Algumas plataformas podem permitir que você abra uma conta sem verificar sua identidade ou fornecer informações confidenciais. Outras exigem que novos usuários passem por um extenso procedimento “Conheça seu Cliente” (KYC) de acordo com os requisitos governamentais destinados a prevenir lavagem de dinheiro e fraudes.

No entanto, algumas etapas de registro são comuns a todas as plataformas.

Para abrir uma conta na maioria das exchanges de criptomoedas, você precisará das seguintes informações e documentação:

  • Seu nome completo e data de nascimento.
  • Seu número de telefone e endereço de e-mail.
  • Seu endereço físico.
  • Documento de identidade emitido pelo governo (por exemplo, carteira de motorista, passaporte) e sua foto ou digitalização do documento de identidade.

O processo de registro geralmente começa com a solicitação de suas informações pessoais, seguida por um e-mail para confirmar seu endereço. Algumas exchanges também podem solicitar uma cópia de uma conta de serviço público enviada para seu endereço físico e perguntar sobre seu interesse em negociar tokens. Em seguida, você precisará adicionar um método de pagamento para depositar fundos na exchange e começar a comprar e vender criptomoedas.

Como negociar em uma exchange de criptomoedas

Day trading é uma negociação de curtíssimo prazo, onde o ativo é mantido por apenas alguns segundos até algumas horas.

A ideia é vender o ativo comprado até o final do dia, esperando obter um lucro pequeno, mas rápido. A ideia principal é buscar oportunidades para obter lucro rapidamente.

Se você planeja manter a criptomoeda por mais tempo, isso é chamado de negociação de longo prazo.

Métodos de day trading

Diferentes pessoas usam muitos métodos diferentes para day trading, mas dois métodos principais são baseados em especulações ou análise de gráficos.

Especulações

Especulação é quando o trader acredita que o preço vai subir ou descer devido a um determinado evento. Por exemplo, você decide comprar Bitcoin porque viu algumas notícias positivas.

Não há garantia de que o preço subirá, mas, com base na sua própria opinião, você supõe que isso acontecerá.

Análise de gráficos

Análise de gráficos é uma estratégia frequentemente utilizada no trading intradiário de criptomoedas.

Nesse caso, os traders estudam o movimento do preço de uma determinada criptomoeda e tentam prever para onde ela se moverá, com base nos movimentos históricos dos preços.

Ao analisar gráficos, você pode ver como o preço se move em intervalos de alguns segundos, minutos ou até horas.

Análise do gráfico BTCUSDT na plataforma TradingView
Análise do gráfico BTCUSDT na plataforma TradingView

Mercado altamente volátil

Uma das principais vantagens do trading intradiário de Bitcoin (BTC), Ethereum (ETH), Ripple (XRP) ou qualquer outra moeda com alta liquidez é a volatilidade.

Preços que oscilam com alta frequência ou em uma ampla faixa são chamados de “altamente voláteis“.

A volatilidade é uma das principais vantagens para traders de curto prazo/intradiários, pois lhes dá a oportunidade de entrar e sair do mercado com lucro.

Frequentemente, o preço de uma moeda sobe ou desce mais de 10-50% em um único dia. Em algumas circunstâncias, até mais.

Por exemplo, em fevereiro de 2018, uma criptomoeda chamada E-Coin aumentou em valor mais de 4000% em apenas 24 horas, e depois caiu rapidamente para onde tudo começou.

Qualquer pessoa que comprou a moeda no início do dia teria ganhado muito dinheiro, mas aqueles que a compraram no preço mais alto teriam perdido a maior parte de seus investimentos.

Riscos

A essa altura, você está quase pronto para ganhar dinheiro sério, mas existem alguns riscos potenciais, e se sim, quais são eles?

Aqui estão eles:

  • Regulação – as criptomoedas são um fenômeno relativamente novo, o que torna seu futuro um tanto incerto. Não é possível prever como os governos agirão no futuro e quão rigorosas serão as regras.
  • Perigos associados à volatilidade – o Bitcoin é o ativo mais volátil de todos, incluindo mercados de ações e ouro. A volatilidade traz consigo a possibilidade de obter lucro diário com o trading, mas também gera incerteza e imprevisibilidade.
  • Risco cambial – embora seus bitcoins não possam desaparecer, as transações nesta rede são irreversíveis, e apenas o destinatário pode devolver as moedas. Isso significa que você deve lidar apenas com aqueles que você conhece, em quem confia ou que têm boa reputação.
  • Pagamentos e taxas – se a compra e venda de BTC for feita diretamente, os custos de transação podem variar bastante.
  • Trading de margem – derivativos frequentemente podem ser negociados usando fundos emprestados. Isso aumenta o potencial de lucro, mas também eleva o risco. No trading de margem, as perdas podem exceder o valor do depósito.

Como começar a negociar Bitcoin

  1. Encontre uma boa exchange. As exchanges de criptomoedas permitem comprar e vender moedas 24 horas por dia, 7 dias por semana. Também é importante pensar desde o início com quais criptomoedas você deseja lidar. Se você está procurando uma opção para trading intradiário em tempo integral, deve escolher uma exchange que suporte muitos pares diferentes.
  2. Também é necessário encontrar uma exchange com boa liquidez. Isso garante que você sempre encontrará um comprador ou vendedor. Caso contrário, há a possibilidade de que a negociação não seja concluída quando o preço cair!
  3. Depois de abrir uma conta na exchange, será necessário depositar alguns fundos nela. Na maioria das exchanges de criptomoedas, não é possível depositar com cartão de débito/crédito ou conta bancária, mas algumas oferecem essa opção.
  4. Você também deve considerar quanto dinheiro pretende depositar. Nunca se esqueça de que os mercados de criptomoedas são extremamente voláteis, então sempre há a possibilidade de você perder todo o seu investimento. Comece com pequenas quantias.
  5. Dedique algum tempo para aprender sobre as várias funcionalidades na tela de trading. É muito importante entender como essas ferramentas funcionam, pois isso permitirá que você identifique boas oportunidades de que a moeda subirá ou cairá. No entanto, novamente, não há garantia de que sua previsão estará correta, então sempre esteja preparado para sair da negociação se tudo der errado!

Trading de CFD

Se você é um trader e não quer se envolver com o lado técnico do blockchain, então CFD será a opção certa para você.

Ao usar CFD, você pode comprar e vender bitcoins da mesma forma que em uma exchange de criptomoedas, mas com uma vantagem: você não precisa esperar pela confirmação do blockchain, que leva bastante tempo.

Você pode negociar CFD de bitcoin em praticamente qualquer corretora Forex.

Trading em exchanges de criptomoedas

Negociar bitcoins pode ser feito em várias plataformas, mas todas essas plataformas cobram uma determinada taxa por transação. É melhor verificar e comparar todos os sites antes de começar a negociar.

Em primeiro lugar, você deve ficar de olho nas taxas, pois elas podem acumular uma quantia considerável e consumir seus lucros.

Algumas plataformas oferecem recursos avançados, ao mesmo tempo que cobram taxas relativamente baixas pelo seu uso (o que é ideal para negociação intradiária).

Melhores Criptobolsas – Top da Redação

Escolher a criptobolsa certa é um ponto crucial para uma interação bem-sucedida com o mundo das criptomoedas. Dependendo de suas necessidades e experiência, diferentes bolsas podem oferecer vantagens e funcionalidades únicas. Nossa redação realizou uma análise minuciosa do mercado e preparou uma lista das principais bolsas de criptomoedas que merecem sua atenção:

  1. Binance. Melhor bolsa no geral. A Binance oferece uma vasta seleção de tokens, alta liquidez e confiabilidade, tornando-a uma excelente escolha para a maioria dos traders.
  2. ByBit. Melhor bolsa para negociação de criptomoedas. A ByBit se destaca por suas ferramentas avançadas, baixas taxas e funcionalidades especializadas para traders experientes. Além disso, a ByBit está entre as principais criptobolsas em volume de negociação.
  3. Coinbase. Melhor bolsa de criptomoedas para iniciantes. A Coinbase facilita a entrada no mundo da compra e venda de criptomoedas graças à sua facilidade de uso e interface amigável.
  4. Kraken. Bolsa de criptomoedas mais confiável. A Kraken utiliza um sistema de segurança em múltiplos níveis e armazena a maior parte dos fundos em carteiras frias, proporcionando maior tranquilidade. Além disso, é uma das bolsas de criptomoedas mais antigas, fundada em 2011.
  5. Bitfinex. Uma das melhores criptobolsas para traders profissionais. A Bitfinex oferece ferramentas de negociação complexas, alta liquidez e uma estrutura de taxas flexível para aqueles que buscam oportunidades de negociação avançadas.

Essas bolsas foram escolhidas com base em vários fatores, incluindo confiabilidade, funcionalidade, taxas e suporte ao cliente. Seja você um iniciante ou um trader experiente, nesta lista de bolsas de criptomoedas você encontrará uma plataforma que atende às suas necessidades e ajuda você a negociar criptomoedas com sucesso.

Conclusão

As melhores bolsas de criptomoedas são aquelas que oferecem plataformas seguras, fáceis de usar, com grandes volumes de negociação, onde os clientes podem negociar várias criptomoedas e fazer pagamentos de diversas maneiras.

As bolsas de criptomoedas cobram diferentes taxas. As taxas mais altas são cobradas ao comprar criptomoedas com cartão de crédito ou débito. As bolsas descentralizadas, que utilizam blockchain, são consideradas as mais seguras.

Perguntas Frequentes

Qual é a melhor criptobolsa?

A melhor criptobolsa depende de suas necessidades e preferências individuais. A Binance é considerada uma das melhores devido às suas baixas taxas, alta liquidez e ampla seleção de criptomoedas. A Coinbase se destaca pela segurança e facilidade de uso, tornando-a popular entre os iniciantes.

Em qual criptobolsa é melhor negociar?

Para negociação ativa, recomenda-se Binance, Kraken e Bybit devido aos seus altos volumes de negociação, ampla seleção de pares de negociação e ferramentas avançadas de análise. A Binance oferece baixas taxas e alto nível de liquidez, o que é importante para os traders.

Qual bolsa de criptomoedas escolher em 2024?

Em 2024, para escolher uma bolsa, é importante considerar fatores como segurança, taxas, criptomoedas disponíveis e interface do usuário. Binance, Coinbase e Kraken continuam sendo escolhas populares devido à sua confiabilidade e variedade de funcionalidades.

Quais são as criptobolsas disponíveis?

Existem dezenas de criptobolsas, entre as mais conhecidas estão:

  • Binance
  • Coinbase
  • Kraken
  • Bitfinex
  • Bittrex
  • Huobi
  • Bybit
  • KuCoin
  • OKX

Quais bolsas não exigem verificação?

Algumas bolsas permitem negociar sem verificação obrigatória (KYC) para determinados volumes de negociação. Essas bolsas incluem:

  • Binance (até um certo limite)
  • KuCoin (até um certo limite)
  • Bybit (funções limitadas)
  • Bitfinex (até um certo limite)

No entanto, para funções avançadas e saques de grandes quantias, a verificação ainda será necessária.

Qual é a bolsa mais confiável?

As bolsas mais confiáveis são aquelas que garantem um alto nível de segurança, como:

  • Coinbase (conhecida por suas rigorosas medidas de segurança)
  • Kraken (altos padrões de segurança e proteção de fundos)
  • Gemini (oferece armazenamento seguro e seguro de criptoativos)

Nicolau é um especialista experiente em mercados financeiros e cofundador do IamForexTrader. Desde 2014, ele negocia com sucesso no Forex e, desde 2017, participa ativamente do mercado de criptomoedas.

Ele desenvolve estratégias de investimento adaptáveis a qualquer nível de experiência e, desde 2018, investe ativamente em ações, títulos e ETFs.